Romeu e Julieta (Gabriel Villela, 1992)

Sucesso de público e crítica, Romeu e Julieta (1992), uma vibrante adaptação cênica de Grabriel Villela para o Grupo Galpão, transpõe a bela história de amor shakespeariana para o contexto da cultura popular brasileira. Embora o enredo permaneça fiel ao original, a montagem introduz vários elementos culturais inusitados, como uma Veraneio vinho que faz as vezes do balcão onde os enamorados trocam juras de amor. Este e outros elementos circenses emprestam uma comicidade lírica que pontua o espetáculo. Ao mesmo tempo que a colorida estética do teatro de rua se mescla à tradição da Commedia dell’arte, a inspiração principal vem do sertão mineiro e da inventiva linguagem de Guimarães Rosa.

Romeu e Julieta foi encenada 272 vezes em teatros, estádios ou praças públicas em quase sessenta cidades do Brasil e em nove países estrangeiros. Em julho de 2000 apresentou-se no icónico Teatro Globe, em Londres, onde recebeu uma consagradora acolhida do público inglês. Em 2012, Romeu e Julieta novamente apresentou-se no Teatro Globe durante o Festival Shakespeare Globe to Globe do Teatro Globe.

Clique aqui para assistir ao video completo da produção por meio do projeto Global Shakespeares do MIT (Massachusetts Institute of Technology)

Esta entrada foi publicada em Montagens. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *