Macbeth (Ulysses Cruz, 1992)

A adaptação cênica Macbeth (1992) dirigida por Ulysess Cruz, explora a vocação política do texto shakespeariano para tratar do cenário sombrio de corrupção que assolou o Brasil no governo de Collor de Mello. O enredo shakespeariano de ascensão e queda de um governante tirano encontra forte ressonância em 1992, ano que presenciou a pressão popular para o impeachment do presidente. Como o programa indica, a intenção da produção era de “despertar o público”, o que fica claro desde o uso dos adereços até ousadas interpolações tais como a de substituir as famosas e assustadoras bruxas do texto de Shakespeare por três indígenas.  MacBeth tornou-se um sucesso comercial, embora tenha recebido criticas desfavoráveis. Parte do seu sucesso pode ser atribuído ao elenco composto por estrelas da TV Globo, como Antonio Fagundes, Vera Fischer e Stênio Garcia.

 

Link para o vídeo completo de Macbeth disponibilizado pelo projeto Global Shakespeares do MIT (Massachusetts Institute of Technology)

Esta entrada foi publicada em Montagens. Adicione o link permanente aos seus favoritos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *